TRABALHO BASEADO EM ATIVIDADES - É BOM OU RUIM?

No mundo corporativo, o Activity Based Working tem sido um conceito bastante comentado já há algum tempo. Mas como esse modelo afeta seu ambiente de trabalho? Isso é bom ou ruim?

Colocando de forma simples, o Activity Based Working está oferecendo às pessoas opções de escolha de ambiente para uma variedade de atividades no local de trabalho, permitindo que elas estejam onde for mais adequado para concluírem suas atividades.

Assim, os colaboradores não têm uma estação de trabalho fixa. Em vez disso, o local de trabalho possui uma variedade de áreas onde eles podem realizar tarefas específicas, incluindo aprendizagem, foco, colaboração e socialização.

Vantagens do ABW:

- Flexibilidade e eficiência de custos.
- Sustentabilidade

É fato que a maioria das organizações apenas reporta taxas de utilização do espaço de 60-70%, o que significa que a qualquer momento 30 a 40% do espaço do escritório está vazio.

Esta não é uma solução sustentável do ponto de vista ambiental ou financeiro. Muita energia em termos de iluminação, aquecimento e ar condicionado simplesmente é desperdiçada. A alocação do espaço de trabalho para quando e onde os colaboradores precisam pode ser uma solução melhor para o perfil de sustentabilidade da empresa.

Em uma amostra de estudo de 598 locais de trabalho, foi analisado os impactos do ABW na satisfação do usuário final:

Uma tendência, no entanto, foi clara: o ABW melhora o pensamento criativo e as reuniões informais.

O trabalho baseado em atividades é uma ameaça ao foco individual.

O estudo mostrou claramente que, para os colaboradores que executam a maioria de suas tarefas em um único ambiente de trabalho e raramente usam outros locais dentro do escritório, os ambientes de trabalho baseados em atividades apresentam um desempenho menor em termos de satisfação desses profissionais.

Por outro lado, para os que realizam trabalhos individuais fora de sua mesa, a taxa de satisfação aumentou em 20%. Isso se deve provavelmente ao fato de que, ao implementar estratégias de trabalho baseadas em atividades, as empresas têm mais foco em ajustar suas configurações de trabalho em termos de tecnologia, etc., para complementar o cotidiano da força de trabalho móvel.

O outro desafio é que o ABW é uma verdadeira ameaça para a personalização do espaço de trabalho, já que realmente não existe um lugar que os colaboradores possam chamar de seu.


Isso ocorre apesar do fato de que vários psicólogos do trabalho ao longo dos anos argumentaram que a personalização do espaço de trabalho é importante para a produtividade, a eficiência e o bem-estar dos profissionais.

Em conclusão, para o ABW ser relevante para sua organização, ele deve o ser para as pessoas - quem são e o que fazem no trabalho. Se seus colaboradores são móveis e raramente trabalham em suas mesas, os ambientes de trabalho baseados em atividades podem ser uma solução perfeita para diminuir os custos de utilização de espaço, melhorar a satisfação dos profissionais e criar eficiências de custo.

Por outro lado, se seus colaboradores precisam ter tempo dedicado para sentar e se concentrar individualmente, os ambientes de trabalho baseados em atividades não parecem ser a melhor solução.

Que tal entrar em contato hoje mesmo com a Naobra Arquitetura? Venha tomar um café com a gente!

Grande abraço,
ANA PAULA GUEDES*

*Arquiteta Líder da Naobra Arquitetura, Especialista em Projetos para Ambientes de Trabalho – “Gepr. ArbeitsplatzExpertin (MBA)”, certificada pela instituição alemã Mensch&Büro Akademie e pioneira em Neuroarquitetura Corporativa em Minas Gerais.

#9 DIA DE FALAR SOBRE NEUROARQUITETURA É ASSIM!

A busca pelo caminho certo para projetar espaços arquitetônicos é uma das questões mais duradouras e fundamentais no campo da arquitetura. 06/03/2019

Somos:
AMCHAM Brasil
Instituto Movimento pela Felicidade

Pode focar no seu negócio que a Naobra Arquitetura cuida de aumentar a produtividade no seu ambiente de trabalho. Quer saber mais, envie sua mensagem!

Quer receber dicas sobre Arquitetura Corporativa?